Ivermectan Pasta Equinos

Potente anti-helmíntico de largo espectro de ação. Eficaz no tratamento e controle de vermes redondos gastrintestinais, pulmonares, estrongilídeos, gasterofilos e habronemoses.

INDICAÇÃO

Equinos

FÓRMULA

Cada seringa contém:

Ivermectina. 0,13 g
Veículo q.s.p 6,50 g

PROPRIEDADES

INDICAÇÕES

Para o tratamento e controle dos principais parasitas dos equinos:
Verminoses gastrintestinais e pulmonares, gasterofilose, habronemose, microfilariose, abaixo relacionado:

  •  Vermes Gastrointestinais: (adultos e larvas de 4º estágio):

 Strongylus vulgaris
Strongylus edentatus
Srongylus equinus
Triodontophorus spp
Cyathostomum spp
Cylicocyclus spp
Cylicostephanus spp
Cylicodontophorus spp
Gyalocephalus spp
Vermes pulmonares:
Dictyocaulus arnfieldi

  •  Outros vermes redondos: (adultos e larvas de 4º estágio):

 Oxyuris equi (L3)
Parascaris equorum
Trichostrongylus axei
Strongyloides westeri
Onchocerca spp

  •  Gastrófilos: (estágio gástricos e orais):

 Gasterophilus nasalis
Gasterophilus intestinalis

  •  Habronemoses: (gástrica cutânea):

 Habronema muscae
Habronema microstoma
Draschia megastoma

POSOLOGIA E MODO DE USAR:

  • Administrar o produto por via oral, aplicando sobre a lingua do animal, no fundo da boca, que deve estar sem alimento.
  • Após a aplicação manter a cabeça do animal  levantada por alguns segundos.
  • A dose recomendada de Ivermectina para Equinos é de 200 µg por Kg de peso corporal. A seringa graduada permite dosificar com exatidão a quantidade de produto a ser administrada ao animal. Cada graduação equivale a 100 Kg de peso corporal,sendo uma seringa suficiente para dosificar um animal de 600 Kg de peso corpóreo.
  • Não há contraindicações nem limitações de uso. O produto não apresenta efeitos biológicos indesejáveis, podendo ser administrado em éguas prenhes e garanhões em reprodução.

 

PRECAUÇÕES:


  • Evitar fumar ou se alimentar durante a aplicação do produto
  • Lavar as màos após o manuseio
  • Enterrar ou queimar as embalagens vazias ou com resto de produto após o uso
  • Produto tóxico para peixes e alguns organismos aquáticos
  • Conservar em local fresco e seco (menos de 30ºC) ao abrigo da luz solar e fora do alcance de crianças e dos animais domésticos.
 ATENÇÃO: OBEDECER AOS SEGUINTES PERÍODOS DE CARÊNCIA.
EQUINOS:

  • ABATE: O ABATE DOS ANIMAIS TRATADOS SOMENTE DEVE SER REALIZADO ‘21’DIAS APÓS A ÚLTIMA APLICAÇÃO.

APRESENTAÇÕES

  • Caixa com 1 seringa de 6,5 g e balde de 48 seringas de 6,5 mg.

 

“A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO EM CONDIÇÕES DIFERENTES DAS INDICADAS NESTA BULA PODE CAUSAR A PRESENÇA DE RESÍDUOS DO PRODUTO ACIMA DOS LIMITES APROVADOS, TORNANDO O ALIMENTO DE ORIGEM ANIMAL IMPROPRIO PARA O CONSUMO. ” 

 

Conservar em local fresco e seco, ao abrigo da luz solar direta, fora do alcance de crianças e animais domésticos.
Venda sob prescrição do Médico Veterinário

Licenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

sob o nº 7.024 em 08/07/1999.

Resp. Téc. Méd. Vet.: Dra. Thaís Marino Silva Girio:

CRMV/SP 17.469